█ SEJA BEM-VINDO AO NOVO BLOG PAAR — É DAQUI, É DA GENTE!

Padre Francisco Nunes concede entrevista ao Blog do PAAR

Maik do PAAR entrevistando o Pe. Francisco
A equipe do Blog do PAAR foi recebida a uma semana no salão da casa paroquial da Paróquia de São Vicente para uma entrevista com uma figura verdadeiramente simples e serena, Padre Francisco das Chagas Sousa Nunes. Padre Francisco, 36 anos, natural de Ourem, ordenado em junho de 2009 e ex-pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, no Carananduba, em Mosqueiro. À um ano se tornou Pároco da Paróquia São Vicente de Paulo aqui no PAAR, substituindo o Padre Glebson Joan que passou a ser Pároco da antiga paróquia de Pe. Francisco em Mosqueiro. 

(Foto: Facebook)
BP - Qual foi a mudança que o sr. sentiu ao ser transferido da Paroquia de Mosqueiro para a do PAAR ?

Padre Francisco - A mudança que senti foi na parte urbana, já que na ilha do Carananduba em mosqueiro é de um estilo interiorano e aqui é mais populacional, é mais cidade. Digo que essa foi a grande mudança. Lá é um lugar de calmaria, não é igual aqui que tudo é perto por se tratar da região metropolitana de Belém, lá são pequenas ilhas e as paroquias são distantes umas das outras e as vezes isso dificultava em eventos importantes da igreja. Aqui por ser mais cidade, mais urbano deixa tudo movimentado e parece que o tempo passa mais depressa.

BP - Como foi recebido pela comunidade do PAAR?

Padre Francisco - A comunidade e os fiéis me receberam muito bem, foram e são até hoje muito hospitaleiros, carinhosos e sempre bem receptivos, confesso que não esperava tanto de uma comunidade que já estava acostumada com outro pároco, o Padre Glebson que é meu grande amigo. Mas correu tudo bem e eu fico agradecido com o carinho da comunidade.

BP - Como foi a responsabilidade em substituir o antigo pároco, Pe. Glebson, que era muito querido?


Padre Francisco - Não digo substituir e sim a continuar o trabalho que já vinha sendo desenvolvido. É uma grande responsabilidade sem dúvida já que o Padre Glebson era muito amado, pois estava aqui à 4 anos e é sempre assim quando os fiéis se acostumam. Mas houve essa troca né, ele foi lá para a minha antiga Paróquia de Nossa senhora da Conceição e eu vim para cá, essa é uma das ideias inteligentes do nosso arcebispo Dom Alberto Taveira, ele já havia feito isso antes com outros párocos amigos meus e dessa vez foi comigo e com o Padre Glebson. Mas eu fui bem recebido, e acredito que ele também foi bem recebido lá, é algo que a gente que vive na ordem do senhor deve lidar, a mudança, e aprender a se adaptar. Mas foi tudo muito bom, e eu me sinto feliz ao estar aqui. 

Reveja: Conheça o novo Pároco da Paróquia de São Vicente de Paulo
BP-  Os momentos tensos de violência que sofreu a alguns meses atrás influencia negativamente na visão que tem do bairro?

Padre Francisco - Não de forma alguma, a violência como a gente sabe, existe em todos os lugares, e aqui não poderia ser diferente. Levei esse acontecido como uma lição para eu me policiar mais e ter mais cautela. Estava acostumado a ter essa liberdade em Mosqueiro... mas graças a Deus os danos foram só materiais e dá pra recuperar depois, o importante é que todos saímos livres de qualquer maleficio. Digo que de alguma foma passar por estes momentos, fez com que eu me aproximasse da realidade das pessoas da comunidade, mesmo sendo algo lamentável.

Leia Também: Conheça a história de superação da moradora que teve a vida marcada por um acidente no canteiro central

BP - Qual sua avaliação para o ano de 2016?

Padre Francisco - Bom, para mim o ano de 2016 foi um ano abençoado... apesar dos momentos tensos, eu me sinto bem realizado com as obras da igreja. Tivemos a festividade de São Vicente de Paulo que foi um sucesso. Eu já tinha vindo uma vez, mas como convidado... e dessa vez eu estava aqui a frente da organização e eu gostei de ver o cuidado que a equipe tem pra fazer as coisas, foi muito bom fazer parte disso. 2016 Também foi para igreja católica o ano da misericórdia, tivemos as obras sociais da igreja que foram gratificantes e foi um ano bom para a Paróquia de São Vicente de Paulo.

BP - Quais as suas expectativas para o ano de 2017?

Padre Francisco - 2017 será um ano bom para a igreja católica, em que vamos comemorar os 300 anos do achado de nossa senhora Aparecida no rio Paraíba do Sul com o Ano Jubilar mariano, uma programação devocional e obras de fé que vão nos preparar para o grandioso tricentenário.Vai ser também inaugurado o Campanário do Santuário Nacional e a Cúpula da Basílica que também será inaugurada no Ano Jubilar. Então para nós será um ano festivo, espero que tudo ocorra bem e que sejamos agraciados com as bênçãos de Deus.


(Produção: Maik do PAAR/Larissa Karina)

Blog PAAR. É daqui, é da gente!. Tecnologia do Blogger.